Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

Fique com peso na consciência...

Queira saber que já foi tarde essa tentativa de evitar que o chicote embatesse a grande velocidade contra o meu corpo!
Cheguei ontem já noite dentro a casa e dou de caras com aquele comentário, foi impossível não reagir e tentar, mesmo que em forma de desespero, que todo o blogue fosse por água a baixo, qual efeito dominó que derrubou a muro de Berlim e consigo toda a União Soviética e um mundo com forças bipartidas.
Apesar da minha tentativa, fiquei com a impressão que por muito esforço que fizesse já tinha entrado no ponto do não retorno.
Felizmente vi agora este seu comentário.
Coincidência, ou não, já não me lembro do ultimo dia em que acordei como hoje, com uma pedrada na cabeça e uma má disposição que não lembra nem ao diabo.
Tal como religiosamente faço todos os dias, sentei-me ao pc a ler os e-mails da manhã e a planear o dia enquanto vou bebendo o meu café com leite. Mas ao contrário do normal, até o raio do café me estava a a cair mal.
Acabei por desistir e ir-me esticar uma meia hora para ver se a sensação de desconforto passava.
Para verem como isto é raro, não me lembro da ultima vez que tal me tenha acontecido, por isso estamos a falar em "vários anos".
Espero agora, cara Diana, que o peso na consciência tome conta de si e que veja o que simples palavras podem provocar na vida alheia. :p

Sem mais nada para exagerar de momento...

Diana, acabou com o Ele Diz!

Como me pode a Diana fazer isto? Logo agora que o Ele Diz parecia estar no caminho da retoma, a Diana vem aqui e torna qualquer esperança de recuperação numa simples miragem.
É o fim do blogue, depois de lerem o seu comentário, todos os leitores do Ele Diz, chocados e com toda a razão vão seguir os seus passos e abandonar este que é, foi e será um blogue machista! 
Aqui não se defende a igualdade entre os sexos, pois se são diferentes porque os tratar como iguais? Isso da igualdade apenas é conversa da treta.
Devemos sim, respeitar as suas diferenças, e valorizar essas diferenças, colocar tudo no mesmo saco, tratar tudo por igual nunca deu bom resultado. Assim o fez Hitler quando colocou os judeus todos no mesmo saco e fez da raça um motivo para a aniquilação. 
Aqui no Ele Diz as mulheres são tratadas de forma diferente dos homens, pois efectivamente são diferentes e são a maioria! 
Por isso têm mais atenção da minha parte, se são elas que me lêem na maioria, é com elas que tenho de me preocupar mais. 
Por isso Diana não me deixe assim, prometo pegar num chicote e apenas parar de me chicotear, quando das minhas costas jorrar sangue, para que assim sinta que este machista teve o castigo que merece.
Quanto ao facto de que cada vez menos ter leitores, tem toda a razão! O facto de ter mais seguidores agora, do que nunca, não quer dizer nada! A Diana tem razão são menos leitores, porque não tinham nada para ler, eu andei muito parado, devia estar a referir-se a isso, certo?


Em nome do pai do filho e da Santa Diana amém! O senhor vá em paz e você fique connosco.

Praia? Que é isso?

Ando farto de ler por tudo quanto é blogosfera (do mulherio principalmente) os milagres que a praia faz no que toca ao bem estar, ele é Deus no céu e a praia na Terra!
Antes de escrever este post até pensei duas vezes, é que estou a prever que vou ser cilindrado completamente por radicais defensores dessa grande obra da natureza que coloca areia em contacto com o mar ao longo da costa, tudo isto misturado com a rebentação da ondulação.
Estou em crer que a praia não é assim algo de tão extraordinário, apenas uma fase da nossa sociedade onde este lugar de descanso é demasiado valorizado. Se pensarmos que até recentemente (umas décadas atrás), a praia não era sinónimo de "Estilo de vida", sendo preterido por actividades como o termalismo, vemos que não passa de um fenómeno volátil que qualquer dia é substituído por outro qualquer, e quando isso acontecer lá vão as "marias" atrás do novo local.
Até lá, e este ano acho que nem vou colocar lá os pés, mas o lamento não é muito. Não dependo da praia para o meu bem estar físico e psicológico, acredito que quem dependa de algo tão banal não estará nas suas melhores condições psicológicas, sendo a procura de um psicólogo uma questão que deveriam tem em conta a breve prazo.

Pssiuu, deixe as pernas da moçoila!

É incrível, a capacidade de retenção da nossa mente que umas pernas têm. É um espectáculo digno de se ver, criaturas em pleno estado de transe, possuídos por um demónio qualquer que nos retira toda a capacidade de raciocinar de uma forma tão simples, que desperta um mim uma revolta por ser homem e tão facilmente ser corrompido na pirâmide de valores pela qual nos regemos.
Pior que isto, é um um individuo ir tranquilo pela via publica e do lado contrário ir uma moçoila pelo passeio, mostrando as suas pernas. Até aqui nada de mal, o pior é se em sentido contrário vier também um caramelo numa mota, que resolve entrar em hipnose mental com as pernas da dita cuja e sem dar por isso, (e acredito que de forma inocente) comece a entrar na nossa faixa de rodagem em sentido contrário! Comecei logo mentalmente a antever o filme em câmera lenta. Como iria ficar o aspecto da frente da nossa viatura, com um autocolante lá esmagado? Felizmente as pernas não foram fortes o suficientes para cativar a atenção da criatura e lá voltou para a sua faixa. Ufa, quase que vi a luz do túnel que o individuo esteve prestes a ver também!

Alerta, blogue em estado decadente!

Dei por mim a olhar aqui para o ele diz, e fazendo uma leitura na diagonal dos últimos tempos vejo que está a ficar decadente, os sinais de tal coisa estão aqui estampados, e como todos sabem, o melhor sinal para perceber quando um blog está moribundo, é a quantidade de videos com musicas, tretas e afins provenientes do youtube, e o ele diz tem muitos visíveis para o meu gosto.
Ando sem paciencia para isto, já dou por mim a pensar se o melhor não será eliminar isto por completo! Por outro lado sou um apaixonado pela força que muitos bloggers têm em manter actualizados os seus blogues, sou um apaixonado por blogues com bom webdesign.
Adoro aquela sensação de chegar a um blog e ver escrito algo que eu gostaria de ter assinado, porém chego ao ele diz e não vejo nada disso escrito por mim.
Sou um blogger frustrado, com um blogue mirrado, sem futuro, em plena crise, parece portugal e as suas eternas crises.
Mas a solução é tão simples, tanto para o país como para o ele diz, trabalho e dedicação, coisa que eu não tenho dado ao ele diz, nem a maior parte dos portugueses ao país.
Sim sim, estou a fazer palha, que a vontadinha de escrever não é nenhuma, mas se muita palha é comida por gosto em blogues da treta por muito boa gente,  porque não haverá gente a comer aqui no ele diz?

Nem vou ler o que acabei de escrever para não me assustar. (clique publicar mensagem)

Dizem que é o que passa aqui...

E eu gosto muito desta sonoridade, a modos que, a menos que escutem e não gostem, evitem ao máximo ir para o you tube começar a ouvir, pois garanto que depois de uma virá sempre outra... Ou talvez não...

Chega de cartões!

Serve então o presente post para transmitir aos senhores que criam cartões de consumidor em todas as lojas que eu sou um péssimo consumidor dessas tretas, estou-me a marimbar para os vossos 10% de descontos se eu cumprir o objectivo A + B - C / 2.
Não tenho paciência para andar a preencher cupões por tudo e por nada, não sei se a merda dos cartões fazem sucesso entre os consumidores, mas se fosse a fazer um cartão de cada vez que me pedem, tinha de trazer um carrinho de supermercado para os transportar.
Caros senhores do marketing, se querem fidelizar clientes têm duas opções, ou apostam em preços baixos, ou apostam na qualidade e requinte. Não me venham é cá com tretas que eu apenas quero comprar o que tenho a comprar e que ninguém me esteja a pedir para preencher os censos 2011.
E isto tudo porque? Porque senhores da Sacoor Brothers e Giovanni Galli, eu até gosto do vosso atendimento, as moçoilas são simpáticas e não têm culpa da politica de marketing estúpida que vem do topo, mas quando uma pessoa diz que não está interessada na merda dos cartões é porque não está mesmo, ok? Já agora, senhores do marketing, toda a marca agora ter uma página no facebook é uma estupidez! Porque a marca do lado tem uma página no facebbok, não quer dizer que o target da vossa loja aprecie também vos seguir.
Ter uma boa politica de comunicação na web não se resume a essas tretas de iniciativas, não gera consumo e em ultima análise, ainda acabam por contratar um tipo qualquer para gerir a vossa presença online, e isto porque o tipo é muito bom a fazer páginas, logo deve ser bom a gerir o vosso facebook! Enfim, façam o vosso papel, ou seja, criem boa roupa.

Sem mais de momento,

Ele Diz