Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

A família está a crescer

Ao que parece a família está a crescer a olhos visto, um novo elemento se juntou ao Rex, até agora rei e senhor lá do palácio. Agora chegou o Scooby-Doo, ainda não tive o prazer de o conhecer, mas lá para o fim do mês espero encontrar a bola de pelo.
Sim, as pessoas dividem-se entre as que preferem cães e as que preferem gatos!
Rex: Aquele individuo preto, basicamente um peluche em forma de rottweiler.
Scooby-Doo: Aquele individuo castanho que ainda não conheci pessoalmente e que ao que parece não deixa o Rex descansado, só quer brincadeira. Rex diz que anda indignado, pois agora a atenção não é toda dele.

Ao que parece, vem aí novo Blogger!

Foi anunciado recentemente pela google, que vão ser adicionadas novas funcionalidades ao Blogger durante este ano de 2011. Estou mortinho para as experimentar.
Esta é uma excelente plataforma, mas que poderia evoluir bem mais. Parece que o google nunca lhe deu muita atenção. Poderiam fazer disto algo mais complexo (para quem precisa),  mais do tipo wordpress, o que iria permitir que muitas pessoas fizessem do blogger as suas páginas oficiais, logo mais adsense, logo mais publicidade e dinheiro para a a google. Não entendo do que estão à espera.
As novas funcionalidades vão ser visíveis no editor de posts, e no painel de controlo, são estas as mais relevantes, por isso deixo aqui as imagens do que vai chegar em breve.


Actual editor de posts
Novo editor de posts

Actual painel de controlo
Novo painel de controlo

Enganar o pensamento, esperando enganar o tempo.

Por vezes esperar é a melhor solução, outras vezes devemos avançar, outras, simplesmente enganamos o pensamento e fazemos de conta que está tudo bem, quando no fundo sabemos que continua tudo igual. Porém uma auto-mentirinha sem gravidade, faz bem ao nosso ego e ajuda a levar o dia-a-dia de uma forma mais tranquila, esperando apenas que mais um dia passe, aguardando por um futuro cada vez mais distante dos verdadeiras pensamentos, que por vezes nos obrigam a deitar para trás da costas a verdade e pensar irónicamente, talvez seja melhor assim. Fantoches de uma vida por viver.

Geração rasca

Ora então, eu já andava de dia em dia para opinar sobre a tal da manifestação, da tal geração que anda à rasca.
Bem, para não ferir muito as mentalidades de quem me lê, e dizendo de uma forma leve o que penso, vou rezar assim:

Mas alguém leva a sério uma manifestação que quer acabar com a classe politica e que quer direito ao emprego para todos?

Caros rascos, dizem que vivemos numa democracia representativa, logo temos de ser representados por uma classe politica, se não for esta, é outra qualquer. Podemos optar por viver numa democracia directa, mas isso é outra conversa, e não costuma dar bom resultado, pois se a mandar poucos, já não nos entendemos, se todos mandarmos, então é que se fica ainda pior, nunca se faria nada.

Emprego garantido para todos? Olhem, antes demais, e visto que esta geração é a tal mais formada de sempre, deveriam começar por pegar num revolver e matar a sangue frio, quem vos iludiu ao tirar os cursos, sejam eles pais ou professores, matem esses desgraçados que enganaram os meninos, e lhes disseram, vai estudar que te vão chover empregos (tachos).

O estado, não tem tachos para todos (sim é verdade, desculpem vom desiludir com esta informação), que tal olharem para a realidade, ver que vivemos numa economia de mercado e criarem o vosso próprio emprego? Uhmm... já pensaram nisso?
Mas isto não é fácil, criar o próprio emprego, não é a mesma coisa que o emprego das 9 às 5 sem chatices nem problemas.

Dizem que raramente saio do trabalho antes das tantas da noite, não há horários, não há nada garantido, é trabalhar para ter uma vida melhor, algum dia pensaram neste conceito, de viver melhor através do trabalho? Sim, trabalho meus caros betos, é isso que vos faz falta!

Já agora, meia-dúzia de bombas matando 100% das pessoas na manifestação, seria uma atitude preventiva para muitos tachos futuros deste país.

Agora sim, podem começar a matar-me!

Por vezes é mais fácil fugir e colocar a cabeça na areia do que olhar em frente, observar o horizonte e não ter medo de subir o cume e ver o que está do lado de lá.

Resumindo, cresçam, temos um país de eternos adolescentes, com medo de sair debaixo das saias da mama.

Sem, ou com sinal fraco

Irónico, irónico, é estar a ver televisão, onde se estava a falar do TGV em Portugal, e por obra do acaso, a tv perder o sinal e aparecer no ecrã: Sem, ou com sinal fraco!
Parti-me a rir sozinho, não podia ser mais real, pois TGV é mesmo "sem, ou com sinal fraco" o seu destino.

Ao serviço da PJ

Irónico, irónico, é explicar a uma agente da Policia Judiciária, como visualizar um filme que tinha ela feito download da Internet, mas que agora não estava a conseguir ver. Pois, parece que me coube a mim explicar a esta representante da lei, como deveria fazer para o efectuar, podendo então tal personagem, ter um serão com sétima arte. lol

Escolhas

 Lisboa, deviam ser umas 9 da manhã, objectivo vender o meu peixe, a peixe graúdo.
Ora então se é para vender bem, e com objectivos bem altos, onde vou eu tomar o pequeno almoço de forma a que a venda tenda para o lado que eu quero? Toca de olhar em volta... ora está ali o stand da lamborghini, novo olhar um pouco mais atento, pastelaria bem perto. Local escolhido! que se é para vender bem, tenho de me ambientar perto de locais onde o dinheiro nao seja problema.