Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

ELE DIZ

Coisas do Social, Internet e Media! Humor Q.B.

Porque morreu Angélico?

Ora então anda tudo emocionado com a morte do Angélico, toda a gente sabia que era grave, mas agora, ao que parece, o cérebro já deixou de ter sinal de vida e como tal estará apenas a respirar com o auxilio de uma catrefada de geringonças do Hospital de Santo António na cidade do Porto.
Todos nós, neste momento, nos andamos a perguntar porque acabou mesmo por morrer o Angélico. Eis que dei por mim a encontrar a verdadeira explicação, para este sucumbir e deixar a vida para trás, e é assim:

Clique na imagem para
ver o momento trágico. (maiores de 18)
Ao que parece, um grupo de amigos, fans, família e demais pessoas que por algum motivo gostam do Angélico, resolveram fazer uma corrente de energia em torno do Hospital, para ajudar o Angélico. Até aqui nada de mal certo? Errado! Então está o homem ligado às maquinas e esta gente lembra-se de fazer uma corrente de energia em volta do hospital, claro, a energia gerada foi tanta, que despoletou no descontrolo das máquinas que estavam a manter o "Yo Bacano" vivo e provocaram o morte do pobre infeliz. Desfecho mais que óbvio!

Marketing video viral

Ora se querem saber como vingar no mundo das redes sociais, através de vídeos virais, coloquem as pessoas a fazer figuras de ursas, com o ímpeto de milhares poderem ver as suas caras e "voila", está uma campanha genial feita e pronta a ser um sucesso.

Deus no céu e esta gente na terra

Por vezes a vida é mesmo capaz de nos fazer sorrir, outras vezes andamos uma infinidade de tempo a esperar poder um dia sorrir.
Muitas das vezes passamos o tempo a esperar rir na cara de alguém.
Digamos que sou pouco de atitudes de benevolência, sou mais adepto do quem ri por ultimo, é quem ri melhor. Sendo que rir, deve ser lido como singrar em algo, que algures num determinado tempo não aconteceu.
Posto isto é bom ser paciente, ter a atitude correcta, lutar por aquilo que vale a pena lutar, e esperar que essa luta se traduza em sorrisos.
Sim, isto mais parece um livro de auto-ajuda, mas não é isso que são a maior parte dos blogs?
São locais de sábias mentes, que têm sempre uma solução para tudo e quando não a têm dizem que, estão, vão lutar para a ter, quando no fundo não acreditam na ponta de um corno do que dizem...
Bom, bom, era agora lançar aqui uma lista de blogs, dessas mentes iluminadas que fazem furor na blogosfera portuguesa, que são seguidas pela carneirada que diz amém a tudo que escrevem, é Deus no céu e esta gente na terra.
Detesto gente que se leva demasiado a sério! Quem não tem a capacidade de gozar com a sua própria cara, deveria ser decapitado no imediato, decapitado é pouco, deveria ser completamente desmembrado com um machado bem afiado.

Começar o dia

Hoje foi dia de acordar bem disposto, daqueles dias em que apetece mesmo saltar da cama, sentir a água a correr pelo corpo num duche que se quer rápido, sair de casa, entrar na viatura, ligar o rádio, colocar os óculos de sol, escolher uma musica alegre e solarenga e partir de casa com vontade de produzir.
Chegado ao local de labor é tempo de ver como estão a correr alguns números, visto que o fim-de-semana foi tempo também de mandar umas larachas para o mundo que se espera que agora se traduzam em dígitos de sucesso.
Depois, e porque apesar de não ser primeiro na ordem, mas estar bem no topo do meu coração, é altura de abrir o blog, pensar na laracha que devia escrever aqui, procurando sempre os melhores números, porque no fim, por muito que se bata o pé e se diga o contrário, tudo se reduz a números, nesta condição em que nascemos e que faz de nós...humanos.

Para os adoradores do deus Rá

Serve o presente post, para informar a todos os adoradores e lacaios do Deus Rá, que deviam levar com dois meses seguidos tal e qual o dia de hoje, pois queria ver no final o que seria feito da vossa adoração por tão ignóbil criatura,  que por estes dias anda mania das grandezas e exageros.

Cada vez mais cinema brasileiro

Estou a ficar um admirador do cinema brasileiro. Esse país com quem partilhamos a língua, está a ficar cada vez mais um colosso cultural, o petróleo tem, na pessoa colectiva da Petrobras, investido reais sem fim, na industria da sétima arte. Como tal, tem chegado até nós cada vez mais o resultado desse investimento, em forma de filme. Nos últimos tempos na hora de decidir de que ver, dou por mim a escolher sempre o cinema brasileiro, e raramente me tenho arrependido dessa encolha. Se ele começou a chegar até nós com grande força com o pior que o Brasil tem, no quase visto por todos, tropa de elite, agora têm chegado cada vez mais, filmes distintos, que retratam um lado que raras vezes aparece nas noticias, que é o do Brasil das pessoas normais e de como levam as suas vidas. É esse Brasil de pujança cultural que cada vez mais me atrai, esse Brasil que um dia me vai levar até lá e não o Brasil do calor e do pé no chinelo.



Um café e uma água das Pedras

Dizem que até estava a planear ir para a praia hoje, porém é calor a mais cá para os meus gostos. Não tenho paciência para ir de guarda sol e toda uma parafernália de tretas atrás de mim, para mim praia é uma toalha ao ombro, e uma mochila para guardar algumas coisas e nada mais.
Posso dizer que sou daqueles sortudos que fica moreno em dois ou três dias de praia, e quando digo moreno, é com uma tonalidade de cor mais a atirar para o preto do que para o branco!
A facilidade com que a minha pele muda de cor é incrível, confesso que se fizesse uma semana inteira de praia iria ficar escuro até demais.
Sempre me lembro de a minha pele reagir assim, um dia destes apenas porque passei um dia mais ao sol do que o normal, fiquei com uma marca de bronzeado incrível nos braços, eu sei que muitos de vós matariam para ter esta sorte, já eu, sou pouco adepto do calor e praia 2 ou 3 dias por ano é mais que suficiente para mim. Dificilmente gastaria algum dinheiro numa viagem de sol, sou muito mais de me lançar na descoberta de território completamente urbanizado, é a cultura humana que me atrai e não um sem fim de grãos de areia, disposto de forma desorganizada na beira mar e que lutam constantemente para ocupar todos os locais onde conseguem chegar.
Como tal, hoje o dia foi para relax, estou a terminar a tarde com o pedido tão tipicamente português, por favor um café e uma agua das pedras, enquanto digito este post para os que me seguem.

Lugar para todos...

Dizem a modos que, todos os dias, apesar de arranjar sempre lugar para parar a viatura, tenho sempre de dar uma volta para desencantar um lugar, hoje a modos que, há lugar para toda a gente e ainda ficam metade dos lugares vazios.
Anda muita gente a teorizar o porquê da crise e do país não sair da cepa torta, ora então se não sabem uma resposta eu digo. O dinheiro não cai do céu, pelo conseguinte, se vivemos num país da malandragem, é obvio que sem produção não há riqueza gerada, e assim continua a mesma tristeza franciscana de sempre.

Dizem que é o Corpo de Deus(a)

Dizem que hoje se comemora o corpo de Deus.
90% das pessoas em Portugal, estão-se a lixar para o corpo de um desgraçado qualquer, que nunca ninguém viu, e com o qual a maioria das pessoas cortou relações. Ao que parece o dia de hoje, começou com uma freira na Bélgica, que até era familiar do papa e que devia andar em altos delírios com Deus em sonhos quentes e prevaricadores. O ponto alto da vida da moça devia ser quando comia o corpo de deus todos os dias Ostia, e que a devia levar a atingir o clímax.
Eu diria que hoje é mais o dia do corpo descascado nas praias de Portugal, pois acima de tudo, isto é um feriado para tirar férias em prol do culto do corpo bronzeado.
E digamos em abono da verdade, que o dia do feriado até não está mal escolhido, pois por vezes damos por nós a afirmar:

Que corpo de Deus(a), meu Deus!

Deformação no espaço e no tempo

Vamos imaginar que havia alguém que de uma forma invisível tem sempre a sua mão dada com a do Ele Diz. Vamos imaginar que essa alguém tem uma órbita elíptica que em torno do Ele Diz, e em que em algumas fases está perto deste e em outras está completamente ausente. Agora juntem dois grandes egos que não precisam minimamente um do outro, que sabem que nunca vão ficar um com o outro, que gostam de colocar o pé em cima um do outro, mas que mesmo assim, em anos, nunca se conseguiram afastar por completo e que dão por si a pensar um no outro, por vezes admitindo, outras vezes fazendo de conta que são totalmente indiferentes.
Sabem que ambos têm TNT nas mãos e fogo para atear o rastilho, mas nunca nenhum acende totalmente a faisca, porque sabem que o mais certo, é que facilmente voltariam a pegar fogo, bastaria proximidade.
Agora pensem, que ambos são, vivem, em mundos completamente diferentes. Que ambos teoricamente nunca se sentiriam atraídos um pelo outro, coloquem todas e mais algumas coisas em que se chega sempre a uma conclusão de que a coisa não dá, e multipliquem por 1200.
O resultado deveria ser mais que óbvio, certo?Mas não o é! Acabo sempre por ter esperança que haja assim uma pessoa, pois se isto um dia existir, é como que uma deformação no espaço e no tempo, que nos pode fazer viajar para o passado e para o futuro e essa hipotética pessoa continuar sempre lá.

Pág. 1/3