Amor desorientado..

Ontem dei por mim a pensar que, apesar de todos termos a perfeita noção que é na nossa cabeça que residem os sentimentos, que é algures no nosso cerebro que estão as sensações que nos fazem querer estar perto de alguém, ou querermos distancia, o engraçado é que continuamos a falar do coração como o local onde eles se escondem.

Vejam como gostamos de complicar as coisas, e antes de sabermos quais são os sentimentos que temos por alguém, já os estamos a colocar no local errado. Meus amigos, como pode depois a coisa correr bem, se há partida já estamos a iniciar com uma premissa errada, no que diz respeito ao local no nosso corpo onde sentimos as coisas...? Por outro lado, tem a vantagem de permitir dizer:

Querida, eu gosto muito de ti, com todo o meu coração, mas como os sentimentos não estão lá, mas sim no meu pensamento, toca a procurares outro, que eu já não te quero a ti!

Publicar um comentário

2 Comentários

  1. Lendo esse sentimentalismo derramado, tenho que elogiar o seu blogue.Muitissimo bom. Parabens. Estou lhe convidando a visitar o meu blogue e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei grato esperando por voce lá
    Abraços

    ResponderEliminar
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)