Como o Apple silicon vai mudar a industria e a própria empresa de Cupertino

A Apple apresentou o seu novo sistema operativo o Big Sur, mas ao mesmo tempo apresentou o Apple Silicon, ou seja, na prática deu a conhecer o abandono dos processadores intel nos seus computadores de secretária e portáteis, que passarão a contar com processadores produzidos pela própria Apple com base na arquitectura ARM, tal como acontece já com a sua linha de dispositivos moveis, os iPads e os iPhones.
Este golpe surpreendente no mercado, tem antes demais um objectivo de controlar por completo o seu ecossistema, não estar dependente dos desenvolvimentos da intel para actualizar os seus dispositivos.
Por outro lado irá permitir à Apple optimizar ainda mais o seu software tendo em conta o hardware que constrói.
Outro dos golpes de mestre desta iniciativa é que colocando os seus próprios processadores nos portáteis, irá ajudar e muito os desenvolvedores a produzirem softwares para todos os dispositivos Apple com apenas um código base. No fundo o código vai ser todo o mesmo, apenas adaptando o interface para tablet, smartphone ou computadores dependendo onde o querem ver publicado.
Se esta estratégia resultar será a maior transformação no mundo Apple pelo menos nos últimos 20 anos desde o lançamento do Macos X.

Publicar um comentário

0 Comentários