Comprar na Gearbest deixou de compensar em Portugal?

A importação de produtos eletrónicos da China por via de diversas lojas online, tem sido a tendências nos últimos anos em Portugal e outros países europeu, tais como a Espanha, Itália e França. Uma das lojas mais conhecidas dos portugueses para comprar smartphones, Androids TVs e Smartwatches é a Gearbest.


Mas nos últimos meses a Gearbest deixou de compensar na maioria das moradas de entrega em Portugal, pois agora a loja aplica a quase todos os produtos uma taxa de importação, para moradas que a loja designa como remotas, o que eles designam de "Already included in the remote fee".
Na maioria dos casos essa taxa é incompreensível, visto que por exemplo, importar um produto para Braga, Coimbra, e outras cidades semelhantes, são consideradas lugares remotos.
Essa taxa é um acréscimo de cerca de 50 euros, por exemplo num smartphone, o que elimina por completo a vantagem competitiva que estas lojas online tinham, ou seja, o preço mais reduzido.
Existem alguns produtos que já se encontram em armazéns na Europa, por exemplo em França e nesses casos essa taxa não é cobrada, mas no entanto, esses produto que se encontram em armazéns europeus normalmente já são por si só mais caros, ou seja, o preço deixou de ser um motivo para comprar na Gearbest na maior parte das ocasiões, pelo menos enquanto continuarem a cobrar esta taxa de envio para morada remota.
Uma alternativa, neste momento, parece ser por exemplo o Aliexpress, que têm já, em uma boa parte dos seus produtos, a opção de enviar desde armazéns Europeus e com entregas em cerca de 3 dias, o que é óptimo. Outra loja, esta menos conhecida, mas que parece também funcionar muito bem é a Goboo.
Quais outras lojas recomendariam para comprar produtos tecnológicos vindos da China?

Publicar um comentário

0 Comentários